Inteligência Artificial: a relevância da regulamentação